Diplomata americano é assassinado em Cartum

O diplomata americano John Granville morreu ontem depois que seu carro sofreu um ataque a tiros em Cartum, capital do Sudão. O atentado também matou seu motorista sudanês. Granville chegou a ser levado para um hospital, mas não resistiu aos ferimentos. Autoridades americanas investigam agora se o assassinato foi planejado. O governo sudanês, no entanto, afirmou que o diplomata foi morto durante uma briga de trânsito, quando ia para uma festa de ano-novo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.