Diplomata da Coreia do Norte chega a Bangladesh levando US$ 1,4 milhões em ouro

Autoridades de Bangladesh informaram que um enviado da Coreia do Norte foi detido no país ao tentar desembarcar no aeroporto de Daca carregando US$ 1,4 milhões em ouro na sua bagagem de mão. Liberado mais tarde, o homem foi identificado como o diplomata norte-coreano Son Young Nam, primeiro secretário da embaixada do país na capital de Bangladesh

DACA, Estadão Conteúdo

07 Março 2015 | 20h17

A venda de ouro tem sido há tempos uma importante fonte de recursos para o regime norte-coreano. O país está fora do sistema financeiro global como resultado das sanções impostas como forma de combater o programa nuclear do país.

Kim Kwang-Jin, um ex-banqueiro no regime de Pyongyang, disse que a Coreia do Norte poderia estar levando o metal precioso para outro país na tentativa de encontrar compradores.

Oficiais de polícia de Bangladesh disseram que também investigam se Son agia em favor de contrabandistas. O país se tornou ponto de envio ilegal de ouro para a Índia, que aumentou impostos sobre o metal. Fonte: Dow Jones Newswires.

Mais conteúdo sobre:
Coreia do Norte Bangladesh ouro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.