Diplomata da União Europeia visita o Afeganistão

Objetivo é acompanhar de perto a campanha para as eleições presidenciais, em agosto

Efe,

21 de julho de 2009 | 03h41

O chefe da diplomacia europeia, Javier Solana, chegou a Cabul, capitão afegã, na manhã desta terça-feira, 21 (hora local), para se encontrar com líderes políticos e se inteirar sobre os preparativos para as próximas eleições presidenciais do país.

 

Solana chegou ao aeroporto da capital do Afeganistão acompanhado pelo enviado especial da União Europeia (UE) para o Paquistão e Afeganistão, Ettore Francesco Sequi.

 

O alto comissário europeu vai reunir-se, durante todo o dia, com o Ministro dos Negócios Estrangeiros afegão, Rangin Dadfar Spanta, o presidente, Hamid Karzai, e vários candidatos para as eleições presidenciais, agendadas para o mês de agosto.

 

De acordo com uma declaração oficial, Javier Solana pretende debater sobre a situação atual do país e da região, bem como o processo eleitoral, e irá "reforçar o compromisso de longo prazo da UE para a estabilização e reconstrução do Afeganistão", segundo afirmou um porta-voz da UE.

 

Além disso, o chefe da diplomacia europeia irá visitar as instalações da Missão Policial da União Europeia no Afeganistão (EUPOL), e se reunirá com representantes da ONU e da Otan no local.

 

Após sua passagem no Afeganistão, Solana irá, ainda na noite de terça-feira, à Tailândia, onde irá participar de uma reunião da Associação das Nações do Sudeste Asiático (ASEAN), que terá a participação da Secretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.