Diplomata dos EUA está na França para discutir Iraque

O vice-secretário de Estado dos EUA, Marc Grossman, chegou hoje a Paris para tentar obter apoio do governo francês a uma nova resolução sobre o Iraque que está em discussão no Conselho de Segurança das Nações Unidas. Grossman, acompanhado de um diplomata britânico cujo nome não foi revelado, deverá reunir-se com autoridades do Ministério das Relações Exteriores da França.O presidente francês, Jacques Chirac, tem proposto um plano alternativo ao dos EUA, composto por duas resoluções: uma pedindo compromisso do Iraque com os inspetores e outra autorizando ação militar, caso o país negue cooperar. O primeiro-ministro da China, Zhu Rongji, também está em Paris. Segundo autoridades francesas, Rongji demonstrou apoio ao plano francês durante breve conversa com Chirac.Ele viaja amanhã a Moscou para reunir-se com autoridades russas. A Rússia, França e a China têm mostrado resistência em aceitar uma resolução autorizando o uso da força contra o Iraque para destruir fábricas de armas de destruição em massa. Os três países têm poder de veto no Conselho do Segurança da ONU.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.