Diplomata iraniano é morto a tiros na capital do Iêmen

Autoridades do Iêmen disseram neste sábado que um diplomata do Irã foi morto em um tiroteio em Sanaa. Segundo as fontes, ele se encarregava de assuntos financeiros na embaixada e estava deixando a casa do embaixador iraniano, em Hadda, bairro no sul da capital, quando assaltantes abriram fogo contra seu carro.

AE-DJ, Agência Estado

18 de janeiro de 2014 | 13h49

O ataque aconteceu em um dos locais mais seguros do Iêmen. Testemunhas disseram que uma caminhonete da marca Toyota Hilux interceptou o carro do diplomata e bloqueou a estrada. Homens encapuzados então saíram do veículo e atiraram três vezes no iraniano.

"Forças de segurança farão seu dever e garantirão que os criminosos sejam trazidos à justiça", disse o ministro de Relações Exteriores iemenita, Abu Bakr Al-Qirbi. As relações entre os dois países azedaram por causa da intromissão dos iranianos nos assuntos domésticos do Iêmen. Outro diplomata do Irã foi sequestrado por homens armados em julho e permanece em cativeiro. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
IÊMENMORTEDIPLOMATAIRÃ

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.