Diplomata saudita é morto em Sanaa

Homens armados assassinaram ontem em Sanaa, capital do Iêmen, um diplomata saudita e seu guarda-costas - atentado que, segundo as autoridades locais, tem o perfil de um ataque da Al-Qaeda. De um veículo quatro por quatro, atiradores dispararam contra o carro que levava Whaled al-Enizi e seu segurança iemenita. Eles morreram imediatamente.

O Estado de S.Paulo

29 de novembro de 2012 | 02h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.