Diplomatas dos EUA e da Coréia do Norte se reunirão

O jornal japonês Mainichi disse que representantes dos EUA e da Coréia do Norte deverão ter uma reunião de trabalho na próxima semana, com o objetivo de promover a retomada de conversações multilaterais para que o regime comunista norte-coreano abandone seu programa nuclear militar. Citando fontes não identificadas ouvidas em Washington, o jornal disse que um dos temas das conversações será sobre as sanções financeiras impostas pelos EUA à Coréia do Norte no ano passado. As sanções, impostas quando os dois países estavam para concluir um acordo sobre a questão atômica, precipitaram a aceleração do programa nuclear norte-coreano, culminando no teste de uma bomba nuclear em 9 de outubro deste ano. O governo dos EUA proibiu qualquer transação entre instituições financeiras norte-americanas e o Banco Delta, sediado em Macau, ex-território português no sul da China, alegando que ele era usado pelo regime de Pyongyang para lavagem de dinheiro.

Agencia Estado,

11 Novembro 2006 | 17h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.