Diplomatas dos EUA e UE reúnem-se com líderes israelenses

Diplomatas dos EUA e da União Européia pretendem iniciar uma série de encontros nesta quinta-feira com os principais líderes israelenses na tentativa de solucionar o atual conflito entre Israel e palestinos. A União Européia quer suspensão imediata da ocupação das cidades palestinas na Cisjordânia, assim como do confinamento do líder palestino Yasser Arafat. A delegação européia, composta pelo ministro das Relações Exteriores, Josep Pique, e pelo ministro das Relações Exteriores da União Européia, Javier Solana, se reunirá separadamente com o ministro das Relações Exteriores de Israel, Shimon Peres, e o ministro da Defesa, Binjamin Ben-Eliezer. Ao mesmo tempo, o eviado norte-americano Anthony Zinni deverá manter conversações com o primeiro-ministro de Israel Ariel Sharon. Segundo a CNN, os EUA defendem a interrupção das incursões militares de Israel e a retomada das negociações de paz. Ontem, representantes de mais de 50 países participaram dos debates no Conselho de Segurança das Nações Unidas para votar uma resolução pedindo a saída das forças de Israel da Cisjordânia. No entanto, a resolução não recebeu aprovação dos EUA e algumas "consultas" deverão ocorrer nesta quinta-feira para evitar o veto norte-americano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.