Diplomatas e generais sírios desertam

Ativistas afirmaram nesta quarta-feira que a chefe da missão diplomática da Síria no Chipre e o último embaixador nos Emirados Árabes desertaram. O porta-voz do Conselho Nacional Sírio, Yassin al-Naggar, afirmou que encarregada de negócios Chipre, Lamia al-Hariri, já está em Doha, capital do Qatar.

AE, Agência Estado

25 de julho de 2012 | 09h38

Hariri é esposa do ex-embaixador sírio nos Emirados Árabes, Abdel Latif Dabbagh. De acordo com outro membro do Conselho Nacional Sírio, Shadi al-Khesh, Dabbagh também desertou. Ele perdeu o cargo de embaixador quando as nações do Golfo expulsaram os diplomatas sírios, mas mesmo assim permaneceu nos Emirados Árabes.

Na noite de terça, dois generais de brigada do Exército sírio atravessaram a fronteira com a Turquia, aumentando para 27 o número de generais que abandonaram o regime do presidente Bashar Assad. As informações são da Associated Press e Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Síriadeserçõesdiplomatas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.