Diplomatas iranianos desertam na Finlândia e Bélgica

Mais um diplomata do Irã desertou na Europa, desta vez na Bélgica, anunciaram hoje integrantes da oposição iraniana. O anúncio veio à tona horas depois de o segundo homem na hierarquia da missão iraniana em Helsinque ter dito que pediria asilo ao governo da Finlândia.

AE-AP, Agência Estado

13 de setembro de 2010 | 17h17

O movimento oposicionista iraniano Onda Verde, estabelecido na Europa, informou que Farzad Farhangian, adido de imprensa da Embaixada do Irã em Bruxelas, desertou na última sexta-feira e fugiu para Oslo. Na Noruega, o ex-integrante do corpo consular iraniano Mohammed Reza Heydari confirmou a deserção de Farhangian.

Segundo Heydari, Farhangian "deixou a embaixada depois de informar o embaixador que estava saindo e veio para cá (Oslo) sem ninguém saber disso". Até o momento, pelo menos três diplomatas iranianos desertaram na Europa em protesto contra a ação do governo da República Islâmica contra dissidentes.

Tudo o que sabemos sobre:
Irãdiplomatadeserção

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.