Diplomatas tentam evitar conflito na Ossétia do Sul

Depois de dois dias de negociações, diplomatas de Rússia e Geórgia assinaram um protocolo no qual concordam em não usar a força para solucionar a disputa, cada vez mais tensa, pela região separatista georgiana da Ossétia do Sul. O documento, porém, não aborda os temas mais espinhosos da disputa. Enquanto os russos comemoraram o acordo como um sucesso, não houve reação imediata por parte das autoridades dos governos da Geórgia e da Ossétia do Sul. A Rússia exerce forte influência sobre a Ossétia do Sul, que cuida de seus próprios assuntos desde que rompeu com o governo central georgiano, 12 anos atrás.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.