Direitista conquista a prefeitura de Roma

Duas semanas após a eleição de Silvio Berlusconi, a esquerda italiana sofreu ontem outro revés ao perder a prefeitura de Roma, cidade que ela governava havia 15 anos. Roma será administrada pelo direitista Gianni Alemanno, que promete expulsar os "imigrantes delinqüentes". Ele obteve 53,6% dos votos e o esquerdista Francesco Rutelli, 46,3%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.