Direto dos EUA: O 'estupro legítimo' e o 'fogo amigo' dos republicanos

Deputado se desculpa por declaração que deve prejudicar candidatura de Romney.

BBC Brasil, BBC

23 de agosto de 2012 | 18h24

A declaração do deputado republicano Todd Akin sobre o que chamou de "estupro legítimo" foi uma espécie de "fogo amigo" para a candidatura do partido, comenta o correspondente da BBC Brasil em Washington, Pablo Uchoa.

O deputado do Estado de Missouri agora reconhece que "se equivocou nos fatos científicos" quando disse que o corpo feminino tem mecanismo de evitar uma gravidez indesejada no caso de "estupros legítimos".

Mas a gafe reacendeu uma discussão de ordem moral que não ajuda a candidatura republicana - ao contrário, pode continuar assombrando a chapa Mitt Romney e Paul Ryan, a dois meses e meio de umas eleições presidenciais imprevisíveis. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.