Diretor de jornal russo renuncia por cobertura de massacre

O diretor do jornal russo Izvestia renunciou, afirmando que tomou a atitude por causa da cobertura feita por seu jornal da tragédia na escola de Beslan, sul da Rússia. Em uma entrevista à Rádio Liberdade, Ralf Shakirov disse que sua renúncia estava ligada à edição de sábado do jornal, que publicou fotografias grandes e explícitas de crianças feridas e mortas e outras vítimas da tragédia russa que durou dias."A direção da Prof-Media (a editora de Izvestia) e eu não concordamos com o formato desta edição. É demasiadamente emotiva e sensacionalista, e em geral os jornais não fazem dessa maneira", declarou, de acordo com uma transcrição da entrevista publicada no site de internet www.newsru.com.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.