Diretor de TV é assassinado na Armênia

O diretor da principal emissora de televisão da Armênia foi assassinado a tiros, no segundo atentado recente contra chefes dos principais veículos de comunicação do país. O crime foi informado hoje pelas autoridades locais. Tigran Nagdalian foi atacado perto do apartamento de seus pais em Erevan, a capital armênia. Ele foi internado em estado grave num hospital próximo e morreu quando era submetido a uma intervenção cirúrgica, disse o porta-voz da Rádio e Televisão Públicas da Armênia, Artur Grigorian. O autor do crime conseguiu escapar. Até o momento, nenhum suspeito foi detido. Em outubro, Mark Grigorian, vice-diretor do Instituto do Cáucaso para os Meios Informativos, sofreu diversas lesões após um ataque com granadas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.