Diretor do Bolshoi diz que sabe quem o atacou

O diretor artístico do Teatro Bolshoi, Serguei Filin, atacado no dia 17 com ácido, disse ontem que está "absolutamente certo" da identidade de seu agressor. Ele foi transferido ontem de Moscou para a Alemanha para tratar das queimaduras de terceiro grau no rosto. "Disse várias vezes que o que aconteceu tem a ver com meu trabalho no Bolshoi", declarou em entrevista à BBC, sem dar mais detalhes.

O Estado de S.Paulo

04 de fevereiro de 2013 | 02h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.