Diretora da OMS diz que Fidel Castro está 'maravilhoso'

A diretora da Organização Mundial de Saúde (OMS), Margaret Chan, teve um encontro de mais de duas horas com o ex-líder cubano, Fidel Castro, de 83 anos. "Não recebi permissão de Fidel para falar sobre sua saúde. Sou médica e compreendo a importância da confidencialidade, mas tenho que dizer que está maravilhoso", comentou ela durante entrevista coletiva antes de deixar o país.

AE-AP, Agencia Estado

28 de outubro de 2009 | 20h39

Margaret concluiu uma visita de quatro dias a Cuba, na qual visitou hospitais e centros de pesquisa, inclusive alguns destinados a atuar no combate à gripe A H1N1, causadora de uma pandemia que ainda preocupa as autoridades sanitárias mundiais. "Tive a honra de ter uma reunião surpresa com o ex-presidente", relatou, pois sua agenda em Cuba não incluía uma visita ao ex-líder.

"Me senti humilde, ele me levou até a frente da casa e era uma distância bastante longa. Muito forte", relatou. "Eu sou mais jovem que ele e me senti cansada e ele não." Margaret não especificou o lugar onde se encontrou com Fidel.

Ela disse que na reunião se discutiu a influenza A (H1N1), os desafios para a saúde diante das mudanças climáticas e a atenção às pessoas incapacitadas, entre outros temas. "Tenho que dizer que a compreensão que tem Fidel Castro da saúde pública é impressionante", afirmou ela.

Fidel passou o poder ao seu irmão Raúl Castro em julho de 2006, quando foi submetido a uma cirurgia de emergência no intestino. Desde então não compareceu a eventos públicos, mas de tempos em tempos são divulgadas imagens do ex-líder.

Personalidades mundiais e amigos pessoais costumam visitá-lo, em viagens a Havana. As fotos ou vídeos dos encontros são difundidos pelo governo, e neles Fidel não está mais com seu histórico uniforme verde-oliva, mas geralmente com traje esportivo, mais magro que antes, porém ainda lúcido.

Tudo o que sabemos sobre:
CubaFidel CastrosaúdeOMS

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.