Diretora do Ministério da Indústria é seqüestrada no Iraque

A diretora geral do Ministério da Indústria iraquiano foi seqüestrada hoje em Bagdá, enquanto uma mulher morreu em um tiroteio entre as tropas dos EUA e um grupo de homens armados na capital, informaram fontes policiais. Mary Hamza Aluan, foi seqüestrada por vários homens armados após sair de sua casa no bairro de Al-Dajliya (oeste) para ir a seu trabalho. "Os seqüestradores, que esperavam em três carros perto de sua casa, a obrigaram a subir em um dos veículos e a levaram a um local desconhecido", disse o capitão de polícia Ahmad Abdallah.Vários funcionários do governo iraquiano foram assassinados ou seqüestrados por grupos radicais que lhes acusam de "colaborar com a ocupação". No bairro popular Madinat al Sadr, cujos habitantes são em sua maioria xiitas, uma mulher morreu e outras duas pessoas ficaram feridas em um enfrentamento na madrugada passada entre soldados americanos e milicianos armados.Por outro lado, o Exército dos EUA informou hoje que duas crianças morreram e cinco pessoas ficaram feridas em um ataque com bomba na terça-feira passada contra uma patrulha militar conjunta iraquiano-americana na cidade de Hit, cerca de 200 quilômetros ao oeste de Bagdá.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.