Dirigente rebelde saudita é morto na Chechênia

Tropas russas mataram um comandante de combatentes árabes que atuam ao lado dos rebeldes de Shamil Basayev na Chechênia, o saudita Abdul Aziz al-Ghamdi, também conhecido como Abu Walid, informaram TVs árabes, parentes do dirigente e outras fontes. "Não sabemos como ele foi morto", disse um ex-vice-presidente do Parlamento checheno, Badr Eldinne al-Chechani, acusando o governo russo de "praticar terrorismo contra o povo da Chechênia". O governo russo não se pronunciou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.