Dirigentes palestinos denunciam silêncio internacional

Dirigentes palestinos denunciaram hoje o "silêncio" da comunidade internacional diante dos contínuos ataques israelenses. "Israel prossegue com suas agressões dia após dia, enquanto os palestinos respeitam o cessar-fogo", lamentaram os dirigentes palestinos em um comunicado divulgado pela agência oficial WAFA. "Nós nos perguntamos se o povo palestino aceitará continuar a ver seus filhos morrerem enquanto a comunidade internacional se mantém em silêncio diante das agressões israelenses", acrescentou o comunicado.O grupo de dirigentes é integrado por membros do gabinete da Autoridade Nacional Palestina (ANP) e do comitê executivo da Organização para a Libertação da Palestina (OLP). Os recentes ataques dos helicópteros israelenses, que já mataram dezenas de pessoas, representam uma "perigosa escalada diante da qual a ONU, os co-patrocinadores do processo de paz, EUA e Rússia e União Européia devem reagir", conclui o comunicado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.