Discussão sobre dívida grega deve ser flexível

O ministro de Finanças da Itália, Vittorio Grilli, afirmou hoje que a discussão sobre a redução da dívida grega não "exclui qualquer outra opção", incluindo um desconto (haircut) nos empréstimos oficiais, e que a discussão deve ser "flexível".

PATRÍCIA BRAGA, Agência Estado

15 de novembro de 2012 | 17h32

Líderes europeus e o Fundo Monetário Internacional estão discutindo como resolver os problemas de dívida da Grécia. Entre as opções estão a extensão do programa de ajuda com mais tempo para o país cumprir com suas metas de reforma e um desconto nos empréstimos feitos ao país. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
EuropaItáliaGrécia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.