Disney de Paris tira animais com medo da aftosa

A Disneylândia de Paris interrompeu os passeios a cavalo e colocou cerca de 80 animais em quarentena numa medida preventiva contra a disseminação da febre aftosa, segundo David Roizen, porta-voz da Euro Disney, que opera o parque francês.Seguindo o conselho das autoridades veterinárias francesas, o parque de diversões prendeu os animais que podem carregar ou contrair a doença, como cavalos, cabras, ovelhas, jumentos e cervos. As autoridades estão mais preocupadas com as atrações nas quais as pessoas têm contato com tais animais.Roizen disse que a quarentena foi criada no início de março e que os únicos animais que ainda presentes nos brinquedos são gansos e galinhas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.