REUTERS/Scott Audette/
REUTERS/Scott Audette/

Disney World instala detectores de metais e adota outras medidas de segurança, diz jornal

Em nota enviada ao Orlando Sentinel, empresa afirmou que revisa constantemente sua 'abordagem global de segurança'; preocupação aumentaram após ataques em Paris e San Bernardino, na Califórnia

O Estado de S. Paulo

17 de dezembro de 2015 | 12h18

MIAMI, EUA - A Disney instalou detectores de metal nos acessos de seus quatro parques temáticos na Flórida, suspendeu a venda de armas de brinquedos e proibiu que pessoas com mais de 14 anos usem fantasias nas suas dependências, de acordo com reportagem publicada nesta quinta-feira, 17, pelo jornal local Orlando Sentinel. Outros parques em Orlando, como o SeaWorld também confirmaram que aumentaram as medidas de segurança e controle de acesso, com a implementação imediata de detectores de metais.

Os detectores na Disney foram instalados a tempo da estreia do novo filme da franquia "Star Wars" na unidade Disney Springs - localizado no complexo Walt Disney World - e ainda não está claro se essa será uma medida temporária ou permanente. Os visitantes serão escolhidos de forma aleatória para passarem pelos detectores. O grupo confirmou ainda que a Disneylândia na Califórnia também receberá os equipamentos.

A segurança dentro dos parques temáticos nos EUA está no centro das atenções da mídia americana depois dos ataques terroristas em Paris e em San Bernardino, na Califórnia. No fim de semana, um homem foi preso ao tentar entrar no Magic Kingdom - o mais antigo dos parques temáticos da Disney - com uma arma.

"Estamos constantemente revisando nossa abordagem global de segurança e estamos implementando medidas de segurança adicionais, quando apropriado", informou a Disney em nota enviada ao Sentinel.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.