Disputa por minas de carvão na China deixa pelo menos 8 mortos

Feridos no enfrentamento foram hospitalizados e os contratantes foram presos

Efe

19 de novembro de 2010 | 05h31

PEQUIM - Pelo menos oito pessoas morreram e outras 48 ficaram feridas em uma disputa entre os contratantes de duas minas de carvão próximas pelos recursos das reservas na província chinesa de Yunnan, informou a agência Xinhua nesta sexta-feira, 19.

Os feridos no enfrentamento, que ocorreu na noite de quinta-feira, foram hospitalizados e os contratantes Wang Jianfu, da mina Xiasongdi, e Zheng Chunyun, da Yuejin, estão detidos enquanto a polícia investiga o caso.

O carvão representa 70% do consumo energético da China, que segue sem encontrar uma alternativa viável a esta matéria-prima barata, mas com alto poder de contaminação e de perigosa extração.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.