Disputa por vaga no 2º turno segue acirrada no Peru

O ex-presidente Alan García mantém uma vantagem de quase um ponto porcentual sobre a conservadora Lourdes Flores, na disputa por uma vaga no segundo turno das eleições presidenciais do Peru. O mais votado entre os dois enfrentará, na segunda etapa do pleito, o candidato nacionalista Ollanta Humala, vencedor do primeiro turno.O Escritório Nacional de Processos Eleitorais (ONPE) informou que, com cerca de 91% da votação apurada, Humala tem 30,83% dos votos, seguido por García, com 24,32%, e Flores, com 23,61%. O organismo eleitoral acrescentou que a diferença entre García e Flores é de 79.838 votos válidos.A ONPE acrescentou que falta processar 607 urnas de eleitores peruanos que votaram na Ásia e outros países das Américas, assim como da área rural peruana.O segundo turno para eleger o sucessor do presidente Alejandro Toledo será disputado entre a última semana maio e a primeira de junho, segundo as previsões oficiais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.