Dissidente cubana é presa e depois libertada

A blogueira dissidente cubana Yoani Sánchez foi detida pela polícia cubana e libertada depois de algumas horas. Yoani e cerca de 20 outros opositores do governo cubano foram presos depois de se dirigirem a uma delegacia para questionar as autoridades locais sobre outros dissidentes recentemente detidos.

AE, Agência Estado

09 de novembro de 2012 | 13h17

O episódio ocorreu ontem. No fim da noite, Yoani escreveu em sua conta no Twitter que estava de volta às ruas de Havana depois de algumas horas de detenção. "Estou bem. Obrigada pela solidariedade", escreveu ela no microblog. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
CubadissidenteYoani Sánchez

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.