Dissidente do bloco de Berlusconi formará novo partido

Parlamentares que recentemente deixaram o bloco de centro-direita do primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, disseram hoje que o líder deles, Gianfranco Fini, "certamente" formará um novo partido de direita no próximo ano.

AE-AP, Agência Estado

20 de setembro de 2010 | 14h50

Italo Bocchino, que faz parte do grupo de 35 parlamentares da Câmara de Deputados que seguem Fini, diz que o novo partido nascerá "quando for o momento". Bocchino disse que o grupo dissidente, contudo, ainda apoiará Berlusconi na próxima semana no Parlamento, quando o premiê fará uma nova e crucial tentativa de obter apoio.

Em 28 de setembro, Berlusconi submeterá seu programa de governo a um voto de confiança no Parlamento, o que inclui reformas que o ajudarão em seus problemas com a Justiça. Se Berlusconi não obtiver apoio, é provável que as eleições, marcadas para 2013, sejam adiantadas. Franco Frattini, chanceler da Itália, disse hoje à Agência Ansa que o governo ainda possui uma maioria de 315 votos na Câmara, mesmo sem os 35 dissidentes de Fini.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.