Dissidentes cubanos são transferidos para Havana

Cerca de 20 dissidentes foram transferidos de prisões regionais cubanas para Havana, onde serão submetidos a exames médicos. Este movimento é similar ao ocorrido na última sexta-feira, e que levou à libertação de cinco opositores no início desta semana, segundo fontes ligadas aos prisioneiros.Entre os presos recém-transferidos figuram dois conhecidos internacionalmente: Héctor Palacios e Oscar Elías Biscet. "Falei com Héctor ontem à noite, foram transferidos ao Comando do Leste", informou à Associated Press Gisela Delgado, mulher de Palacios. Todos os prisioneiros trasladados e libertados recentemente fazem parte de um grupo de 75 pessoas detidas em 2003 e posteriormente condenadas por acusações de colaborar com os Estados Unidos para derrubar o governo cubano. Tanto os acusados como o governo de Washington se declaram inocentes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.