Distribuição de energia ficará instável

Em consequência do terremoto de 8,8 graus na escala Richter registrado no Chile no fim de fevereiro, o sistema de energia elétrica do país deverá ficar instável por cerca de seis meses. O anúncio foi feito pelo presidente Sebastián Piñera (foto) depois de um apagão no domingo ter deixado 90% da população sem luz.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.