Dívida da Argentina será paga "caso a caso"

O secretário de Finanças da Argentina, Guillermo Mondino, disse à Dow Jones que o país fez o pagamento de cupom de US$ 87 milhões, com vencimento hoje, e que os futuros pagamentos da dívida serão feitos "caso a caso". Analistas estimam que a Argentina tem cerca de US$ 800 milhões em pagamentos do serviço da dívida até o final do mês. Mondino, que foi nomeado pelo ex-ministro da Economia Domingo Cavallo na semana passada, disse que a atual equipe econômica do presidente Fernando de la Rúa está negociando com o FMI, numa tentativa de manter o acesso ao programa de crédito de US$ 22 bilhões do Fundo. A diretoria do FMI congelou o desembolso de US$ 1,3 bilhão para a Argentina, previsto para este mês, por causa do não cumprimento das metas estabelecidas no acordo de crédito.Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.