Divulgada em Londres 3ª suposta carta de Saddam

Uma carta atribuída ao ex-líder iraquiano Saddam Hussein conclama o povo do Iraque a boicotar qualquer governo nomeado pelos Estados Unidos. A mensagem publicada pelo jornal árabe baseado em Londres al-Quds também exorta os iraquianos a expulsar do país qualquer um que apóie a invasão liderada pelos EUA.Esta é a terceira carta atribuída a Saddam Hussein publicada pelo al-Ouds, que vem mantendo uma linha editorial favorável a Saddam. As primeiras cartas atribuídas ao ditador derrubado foram recebidas com ceticismo, em parte porque a caligrafia não parecia com a do ex-líder iraquiano."Enquanto lutamos e caçamos o covarde inimigo americano e britânico, chamamos vocês a ativar seu papel político boicotando todos que as forças invasoras criminosas instalem para administrar o Iraque e os serviços populares", diz a carta. A carta foi publicada no momento em que ocorrem vários ataques a soldados americanos no Iraque.O analista da BBC Magdi Abdelhadi disse que a divulgação das cartas atribuídas a Saddam talvez sirva de apoio para os que acreditam na existência de uma resistência contra a presença americana no Iraque. Mas ele diz ainda que talvez a cartaz não seja verdadeira. O editor do al-Quds, Abdel Bari Atwan, disse à BBC, no entanto, que acredita na veracidade da carta que chegou ao jornal por fax, sem que constasse local de origem. "A assinatura é verdadeira. Nós já publicamos duas cartas de Saddam Hussein anteriormente. As três possuem o mesmo tipo de caligrafia", disse. As informações são do site da BBC em português. Para ler o noticiário da BBC, que é parceira do estadao.com.br, clique aqui.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.