Documentos da era Clinton serão tornados públicos

Os Arquivos Nacionais dos Estados Unidos tornarão públicas nesta sexta-feira 7,5 mil páginas de documentos da administração Bill Clinton. Os registros cobrem uma ampla gama de assuntos, incluindo a participação da primeira-dama Hillary Clinton na reforma do sistema de saúde, o atentado à bomba em 1995 em Oklahoma City e as relações tumultuadas com Ruanda, Irã e Oriente Médio.

Agência Estado

18 de abril de 2014 | 15h42

Outros temas incluem documentos de escritores de discursos presidenciais, reuniões e ligações telefônicas entre o presidente e seu conselheiro Stan Greenberg, e registros relacionados com o ex-presidente Richard Nixon, o diretor de cinema Steven Spielberg e a apresentadora de televisão Oprah Winfrey.

Documentos divulgados desde fevereiro deste ano já mostraram detalhes sobre o fracassado plano de reforma no sistema de saúde e a vitória do Partido Republicano nas eleições de meio de mandato de 1994. Os novos papéis revelados nesta sexta-feira devem ser analisados de perto, já que Hillary é uma possível candidata nas eleições presidenciais de 2016. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAClintondocumentos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.