Dois americanos e um polonês são mortos no Iraque

Dois soldados americanos foram mortos em dois incidentes separados, de acordo com o exército dos Estados Unidos. As forças polonesas também registraram uma morte depois de um major ser ferido em uma emboscada ao sul da capital iraquiana.Um dos soldados americanos morreu quando seu caminhão atingiu uma mina terrestre, localizada a cerca de 315 quilômetros ao nordeste de Bagdá, na fronteira com a Síria. No outro incidente, próximo de Bagdá, um pára-quedista morreu e outros dois ficaram feridos depois de sofrerem um ataque com foguetes e armas de fogo.Com as duas baixas, chega a 140 o número de soldados americanos mortos por inimigos no Iraque desde que o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, declarou o fim do combate, dia 1º de maio.Já a Polônia registra sua primeira morte no Iraque. Um major e outros 15 soldados caíram em uma emboscada quando retornavam de cerimônia em defesa dos direitos civis das tropas iraquianas. O major foi atingido por um tiro e morreu no hospital, segundo o ministro da defesa da Polônia, Jerzy Szmajdzinski.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.