Dois ataques a igrejas deixam 4 mortos no Colorado

Pelo menos quatro pessoas morreram e outras seis ficaram feridas em dois ataques separados a instituições religiosas no Estado americano do Colorado. A agência France Presse, citando o comissário de polícia Terry Maketa, de Colorado Springs, local do segundo ataque, chegou a informar que o total de mortos chegava a sete, mas a informação não foi confirmada por nenhuma outra fonte.Cerca de 100 quilômetros separam Colorado Springs de Arvada, subúrbio de Denver onde se registrou o primeiro ataque. Até ontem à noite, as autoridades não tinham chegado a nenhuma conclusão sobre a relação entre os dois casos. Os disparos em Arvada ocorreram à meia-noite local (5 horas em Brasília), quando um homem branco e jovem à porta do dormitório de um centro de treinamento de missionários da organização Youth With a Mission. Ao receber a informação de que o centro não tinha como abrigá-lo, ele passou a disparar a esmo com uma pistola automática, matando uma mulher de 26 anos e um missionário, de 23. Outros dois religiosos ficaram feridos, um dos quais em estado crítico.O confuso incidente de Colorado Springs ocorreu cerca de 12 horas depois, na igreja New Life. Segundo a polícia, o atirador matou uma pessoa e feriu outras quatro, antes de ser morto por um agente de segurança da igreja. A New Life já havia ocupado as manchetes em 2006, quando seu fundador, Ted Haggard, deixou a instituição após declarar-se culpado por "conduta sexual imoral". REUTERS, AFP E AP

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.