Dois atentados matam 23 pessoas em Bagdá

Dois ataques terroristas, praticamente simultâneos, mataram 23 pessoas e feriram outras 26, em Bagdá, na manhã desta Quinta-feira. No primeiro ataque, um carro-bomba explodiu durante a passagem de uma patrulha policial em Bab al Sharqi, enquanto o segundo, instantes após o primeiro, foi causado por um terrorista suicida que detonou explosivos em um restaurante do bairro de Bataween. Entre os mortos e feridos haviam policiais e civis, segundo a polícia e os hospitais que receberam as vítimas.Os ataques ocorreram enquanto a mãe de uma jornalista americana, Jill Carroll, implorava pela libertação de sua filha, após os seqüestradores ameaçarem matá-la se os EUA não colocassem em liberdade todas as mulheres iraquianas que foram presas em Bagdá, no dia 7 de janeiro, pelo exército americano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.