AFP PHOTO / Diana Ulloa
AFP PHOTO / Diana Ulloa

Dois brasileiros ficam levemente feridos em terremoto no México

De acordo com o Ministério de Relações Exteriores, eles foram atendidos em um hospital da capital mexicana e liberados logo em seguida; de acordo com o consulado-geral do País, não há outros registros de brasileiros afetados pelo tremor

O Estado de S.Paulo

20 Setembro 2017 | 17h02

Dois brasileiros ficaram levemente feridos no terremoto de 7,1 graus que abalou o México na terça-feira, segundo informações do Ministério de Relações Exteriores do País. Eles foram atendidos em um hospital da capital mexicana e liberados em seguida.

O Itamaraty disse ainda que contactou a cônsul-geral no país nesta quarta-feira, 20, que relatou não ter registro de novos casos envolvendo cidadãos brasileiros feridos em razão do tremor.

Na véspera, a chancelaria brasileira divulgou nota na qual disse receber "com profunda consternação" a informação de que o México fora atingido por um novo terremoto. O governo brasileiro também transmitiu "suas condolências às famílias das vítimas" e expressou "sua solidariedade ao povo e ao governo do México".

O governo também divulgou os números 044 55 3455-3991 (chamadas a partir da Cidade do México) e 01 55 3455-3991 (chamadas do interior do México) para brasileiros que precisem de ajuda consular emergencial.

De acordo com o último balanço das autoridades mexicanas, o devastador terremoto deixou ao menos 225 mortos: 94 na Cidade do México, 71 em Morelos, 43 em Puebla, 12 no Estado do México, 4 em Guerrero e 1 em Oaxaca. O número ainda é provisório e deve aumentar conforme as autoridades removerem os escombros das dezenas de prédios destruídos pelo abalo. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.