Dois brasileiros são mortos na Bolívia

Em uma semana, dois brasileiros foram mortos em circunstâncias estranhas em Cobija, capital do Departamento (Estado) boliviano do Pando. No começo da tarde desta quinta-feira, policiais bolivianos encontraram num matagal o corpo de Luíza Araújo Lima, de 19 anos, apresentando marcas de espancamento. No dia 27 passado, o mototaxista Ilton Ferreira, 38, foi assassinado com dois tiros na cabeça.A Polícia Nacional da Bolívia prendeu um suspeito pela morte de Luíza, que morava em Brasiléia ( a 238 quilômetros de Rio Branco), na fronteira com Cobija. O suspeito não identificado será interrogado nesta sexta-feira.Ilton Ferreira é conhecido em Brasiléia como "Manso" e vivia de transportar passageiros ou fazer serviços de motoboy entre as duas cidades. O delegado Saulo Ribeiro diz que Manso vinha sendo investigado por envolvimento com o tráfico de drogas. "Esse crime pode ter sido acerto de contas do narcotráfico", suspeita o delegado.No começo da semana um traficante identificado como Mota foi preso em Epitaciolândia, cidade anexa a Brasiléia, e disse que uma máfia boliviana estaria contratando pistoleiros para executar "maus pagadores".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.