Dois chefes da Al-Qaeda são mortos no oeste do Iraque

Dois chefes do braço iraquiano da organização terrorista Al-Qaeda foram mortos pela polícia iraquiana na cidade de Ramadi, 110 quilômetros a oeste de Bagdá, informaram nesta quinta-feira fontes de segurança.Um deles, identificado como Abu Khatab, foi morto pela polícia na terça-feira na região de Kilo Khamsa, localizada a oeste de Ramadi, capital da província de Al-Anbar, o principal reduto da resistência iraquiana.Khatab era considerado pelas autoridades locais um membro importante do grupo extremista islâmico "Tauhid wal Jihad" (monoteísmo e guerra santa), vinculado à Al-Qaeda.Fontes de segurança também revelaram que Abu Abdulah, um dos dirigentes da Al-Qaeda no Iraque, foi morto no início da semana na região de Al Tamim, ao sul de Ramadi.Abu Abdulah esteve envolvido em ataques armados contra civis e forças de segurança. A operação na qual ele foi morto ocorreu após a polícia receber informações sobre seu paradeiro fornecidas por moradores da região.O líder da Al-Qaeda no Iraque, o jordaniano Abu Musab al-Zarqawi, morreu em um ataque aéreo americano no Iraque em 7 de junho. A organização terrorista assumiu a autoria dos atentados mais sangrentos ocorridos no Iraque nos últimos três anos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.