Dois ciganos são assassinados em ataque racista

Pelo menos dois ciganos morreram e outros dois ficaram feridos em um ataque perpetrado por um grupo de jovens desconhecidos na região de Volgogrado, no sul da Rússia, informou hoje a Polícia local à agência "Interfax". O incidente ocorreu ontem à noite nas cercanias da cidade de Volzhski, onde alguns jovens armados com barras metálicas atacaram um acampamento de tendas de campanha às margens de rio Ajtuba, no qual viviam várias famílias ciganas. Um homem de 48 anos e uma mulher morreram na hora, e outras duas pessoas - uma menina de 14 anos e uma idosa de 80 - tiveram de ser hospitalizadas com traumatismos de gravidade distinta. A Polícia procura pistas sobre os agressores que, segundo versões preliminares, eram jovens com idades entre 18 e 20 anos.

Agencia Estado,

14 Abril 2006 | 06h30

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.