Dois civis e um policial são mortos no Iraque

Homens armados mataram dois civis hoje em Mosul, a principal cidade do norte do Iraque, e um soldado morreu quando tentava desarmar uma bomba colocada à beira de uma estrada.

AE, Agência Estado

27 de junho de 2010 | 20h03

Tiros de metralhadora atingiram um civil do lado de fora de sua casa na parte oeste da cidade, onde os sunitas são maioria, informou a polícia. Um segundo civil foi morto quando homens armados invadiram uma loja de aparelhos domésticos no leste da cidade, região etnicamente mista.

Um engenheiro do Exército foi morto e um segundo ficou ferido quando tentavam desativar uma bomba improvisada colocada por insurgentes no bairro de Sahaba, oeste da cidade.

Mosul ainda é um local com intensa atividade insurgente, embora os níveis de violência tenham caído na maior parte do país.

Ontem, uma bomba colocada na margem de uma estrada, e cujo alvo eram patrulhas da polícia, matou um policial e feriu cinco. Na quinta-feira, três suicidas mataram quatro policiais e um soldado em ataques separados em Mosul. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Iraqueviolênciamortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.