Dois corpos mutilados são encontrados no sul do México

A polícia da cidade turística de Acapulco, no México, encontrou dois corpos de homens decapitados em frente a um bar onde 11 homens foram sequestrados no início deste mês. Cápsulas deflagradas de rifles de assalto e duas mensagens escritas à mão - cujos conteúdos não foram divulgados - foram encontrados no local, segundo comunicado da polícia do Estado de Guerrero, onde fica Acapulco. Mensagens desse tipo são geralmente deixadas por grupos ligados a traficantes de drogas.

AE, Agência Estado

28 de dezembro de 2010 | 12h50

Onze homens foram sequestrados no bar no dia 17 de dezembro. Esse tipo de estabelecimento é frequentemente alvo de tentativas de extorsão. Dois deles foram posteriormente encontrados mortos com as mãos e pés cortados. Em outra parte do Estado, a polícia encontrou os restos mortais de três pessoas enterradas na cidade de Teloloapan. A polícia disse acreditar que as três pessoas, ainda não identificadas, foram mortas há cerca de quatro meses.

No Estado de Veracruz, um policial foi morto e um comandante da polícia foi ferido quando um homem abriu fogo contra escritórios municipais na cidade de Otatitlan. Em Durango, Estado do norte do país, o Exército descobriu um esconderijo com 84 rifles e 46 pistolas. O Departamento de Defesa informou que as tropas que patrulham a montanhosa região de Tamazula descobriram as armas e 770 quilos de maconha.

O Exército disse que Tamazula, localizada perto da fronteira com o Estado de Sinaloa, "é uma área considerada o bastião das organizações criminais". As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Méxicotráficoviolênciacorpos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.