Dois diplomatas japoneses são mortos no Iraque

Um grupo de homens armados emboscou e matou dois diplomatas japoneses no Iraque, num aparente ataque terrorista, informam autoridades. O primeiro-ministro Junichiro Koizumi prometeu prosseguir na guerra contra o terrorismo.As mortes são as primeiras de cidadãos japoneses no Iraque desde a invasão do país pelos Estados Unidos, e ocorrem no momento em que o Tóquio se prepara para enviar tropas não-combatentes para ajudar na reconstrução iraquiana.Detalhes do ataque ainda são imprecisos, mas a chancelaria japonesa disse que o veículo dos diplomatas foi emboscado nas proximidades de Tikrit, terra natal de Saddam Hussein, onde os enviados japoneses participariam de uma conferência.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.