AP Photo|Claude Paris
AP Photo|Claude Paris

Mais dois homens são presos por suposta ligação com ataque em Nice

Detidos teriam ajudado Mohamed Lahouaiej Bouhlel, autor do atentado, na preparação logística da ação; outras cinco pessoas já estão presas acusadas de envolvimento no massacre

O Estado de S.Paulo

26 Julho 2016 | 07h52

PARIS - Dois homens foram detidos na noite de domingo por suposta relação com o autor do massacre em Nice, Mohamed Lahouaiej Bouhlel, informaram nesta terça-feira, 26, fontes de segurança. O ataque deixou 84 mortos.

Segundo informações da emissora BFM TV, os detidos faziam parte do ambiente do terrorista, e um deles aparecia em uma foto ao lado de Bouhlel diante do caminhão utilizado para atropelar a multidão que observava os fogos de artifício da festa do dia 14 de julho, no Promenade des Anglais.

A polícia investiga agora se os dois detidos podem ter colaborado na preparação logística do ataque.

As novas detenções se somam às cinco pessoas - quatro homens e uma mulher - que estão presas desde quinta-feira, acusadas de envolvimento no massacre. Segundo o promotor da República, François Molins, a ação foi preparada com meses de antecedência e contou com a ajuda de cúmplices.

Um dos supostos ajudantes do terrorista, Mohamed Oualid G., com quem trocou até 1.278 chamadas durante o último ano, aparece em duas fotos na cabine do caminhão usado no massacre. / EFE

Mais conteúdo sobre:
Nice Terrorismo França

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.