Leona O'Neill/Reuters
Leona O'Neill/Reuters

Dois jovens são presos suspeitos de matar jornalista na Irlanda do Norte

Detenção dos jovens de 18 e 19 anos foi feita em virtude da legislação antiterrorista. Os dois foram levados para uma delegacia de Belfast, onde serão interrogados

Redação, O Estado de S.Paulo

20 de abril de 2019 | 08h12

LONDRES - Dois jovens foram detidos neste sábado, 20, suspeitos do assassinato a tiros da jornalista Lyra McKee em Derry, segundo o serviço da Polícia da Irlanda do Norte (PSNI). As detenções dos jovens, de 18 e 19 anos, foram feitas em virtude da legislação antiterrorista. Os dois homens foram levados para uma delegacia de Belfast, onde serão interrogados.

Os agentes que investigam a morte de Lyra McKee, repórter de 29 anos que foi baleada durante confronto entre cidadãos e polícia na noite da última quinta-feira, 18, divulgaram  imagens do tiroteio com a esperança de que os cidadãos pudessem ajudar a localizar os autores.

A jornalista e escritora, natural de Belfast, não estava trabalhando no momento do fato. Ela levou tiros na cabeça supostamente disparados por dissidentes republicanos vinculados a chamada Nova IRA, segundo a polícia, quando estava em Creggan, área residencial de Derry. / EFE

Tudo o que sabemos sobre:
Lyra McKee

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.