Dois líderes da Al-Qaeda são detidos no Paquistão

Autoridades paquistanesas detiveram dois "membros do alto escalão" da rede extremista Al-Qaeda e diversos de seus seguidores ao longo dos últimos dias, anunciaram funcionários do governo. O ministro de Interior do Paquistão, Faiçal Saleh Hayyat, disse à emissora de televisão Geo em Islamabad que os dois principais suspeitos foram detidos na província de Punjab.Ele não revelou a identidade dos "dois terroristas do alto escalão" da Al-Qaeda. Também não ficou claro se os dois estão entre os suspeitos detidos mencionados mais cedo por outros funcionários do governo paquistanês.Raja Waqar, um policial ligado ao gabinete de um importante político de Punjab, era um dos diversos supostos membros da Al-Qaeda detidos ao longo das últimas 72 horas, disse à Associated Press uma fonte ligada ao alto escalão do serviço secreto paquistanês na cidade de Lahore.Waqar é suspeito de repassar informações sobre o paradeiro de importantes políticos paquistaneses a grupos ligados à rede extremista liderada pelo milionário saudita no exílio Osama bin Laden, comentou.Outros três supostos membros da Al-Qaeda - dois paquistaneses e um estrangeiro - foram detidos em uma rodovia nos arredores de Lahore, prosseguiu. No veículo dos suspeitos, as autoridades paquistanesas encontraram cinco granadas e dois fuzis AK-47.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.