Dois manifestantes morrem em confrontos no Cairo

Testemunhas disseram que dois manifestantes foram mortos a tiros em confrontos entre soldados e pessoas que participavam dos protestos contra os militares nesta sexta-feira no Cairo.

AE, Agência Estado

16 de dezembro de 2011 | 17h24

A jovem ativista Sahar Abdel-Mohsen disse ter visto os corpos de dois manifestantes e acompanhou a transferência deles até o necrotério de um hospital do Cairo. Segundo ela, os corpos apresentavam ferimentos de armas de fogo. Segundo ela, um dos mortos era um rapaz de 22 anos e que o sangue "continuava a pingar de sua cabeça".

Os confrontos tiveram início na noite de quinta-feira, depois que a polícia militar invadiu o acampamento dos manifestantes, que estão do lado de fora do prédio do gabinete nas últimas três semanas. Eles exigem que os generais que comandam o país deixem o poder.

Segundo o Ministério da Saúde, pelo menos 99 pessoas ficaram feridas, algumas com fraturas e ferimentos a bala. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
EgitoconfrontosCairomortos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.