Dois milicianos palestinos morrem em Nablus

O Exército israelense matou na madrugada de domingo, 22, dois milicianos palestinos em uma incursão na cidade de Nablus, na Cisjordânia, o que aumenta para oito o número de vítimas palestinas em ações militares neste fim de semana, informaram fontes de segurança palestinas e israelenses.Os dois militantes das Brigadas de Mártires de Al-Aqsa morreram em um tiroteio com soldados israelenses que começou quando eles optaram por permanecer num edifício que o Exército tinha cercado e ordenado a evacuação, informaram testemunhas e este braço armado do Fatah.Uma das vítimas, Amin Lubadi, de 20 anos, é um fabricante de explosivos artesanais procurado pelo Exército israelense há três anos. A outra é Fadel Nour, de 21 anos.O Exército do Estado judeu confirmou que durante uma "operação de busca de terroristas" em Nablus "atingiu" dois palestinos em uma troca de tiros na qual um soldado israelense ficou levemente ferido.Nesta operação, o Exército deteve também um militante da Jihad Islâmica e encontrou armas, precisou um porta-voz militar.As duas mortes se somam às seis de ontem em operações militares israelenses em Gaza e na Cisjordânia.Cinco palestinos, entre eles uma menina de 17 anos, morreram na cidade cisjordaniana de Jenin em diferentes operações e batidas, enquanto a Força Aérea israelense matou no norte da Faixa de Gaza o ocupante de um veículo, suposto responsável pelo lançamento pouco antes de quatro foguetes Qassam contra a cidade israelense de Sderot.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.