Dois mortos e um ferido em dois atentados na Tailândia

Duas pessoas morreram e outra ficou ferida em ataques perpetrados nesta terça-feira, 3, por rebeldes na conflituosa região muçulmana do sul da Tailândia, onde persiste a onda de violência, indicou a polícia.Com as últimas mortes, já são pelo menos sete as pessoas que perderam a vida desde o fim de semana em emboscadas ou explosões de bombas atribuídas aos insurgentes islâmicos espalhados em pequenos grupos pelas províncias de Pattani, Yala e Narathiwat.Em um ataque nesta terça-feira em Narathiwat, um civil morreu e outro ficou ferido ao serem alvejados por dois homens encapuzados.Fontes da delegacia provincial da polícia assinalaram que a segunda vítima mortal foi crivada a tiros enquanto estava sentada sob o alpendre de sua casa na cidade de Narathiwat, capital da província de mesmo nome e situada cerca de 1.200 quilômetros ao sul de Bangcoc.As autoridades militares estimam que o movimento separatista islâmico, formado por cerca de uma dezena de grupos, dispõe de cerca de 5 mil militantes, a maioria jovens, e conta além disso com o apoio de aproximadamente 10 mil seguidores.O Exército tem cerca de 30 mil soldados na região, parte do antigo sultanato de Pattani que a Tailândia anexou há um século.Perto de 2,1 mil pessoas morreram no sul da Tailândia por causa da violência desde que o movimento separatista islâmico retomou a luta armada em janeiro de 2004, após uma década de pouca atividade guerrilheira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.