Dois palestinos matam cinco israelenses e são mortos

Três homens armados abriram fogo nesta quinta-feira contra um escritório do Partido Likud e uma parada de ônibus numa cidade do norte de Israel. Pelo menos quatro israelenses foram assassinados, assim como dois dos três pistoleiros. De acordo com equipes de resgate, dezenas de pessoas ficaram feridas na cidade de Beit Shean, no norte de Israel.O ataque causou o início de um tiroteio nas ruas. Policiais e pedestres sacaram suas armas para atirar contra os pistoleiros. O único atirador sobrevivente foi encurralado numa casa em frente ao diretório local do Likud, que hoje realiza eleições primárias para definir seu candidato a primeiro-ministro no pleito de janeiro de 2003. Forças de segurança cercaram a casa.Um dos militantes carregava um cinturão de explosivos que não foi detonado. Um carro aparentemente roubado encontrado nos arredores está sendo vasculhado pelo esquadrão antibombas. Nenhum grupo assumiu a autoria do ataque até o momento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.