Dois palestinos morrem na Cisjordânia

Soldados israelenses mataram nesta quinta Hamza Abu Rob, de 37 anos, chefe da Jihad Islâmica no povoado de Kabatiya, próximo da cidade de Jenin, na Cisjordânia. Segundo fontes israelenses, Abu Rob disparou contra os soldados quando tentaram prendê-lo. No tiroteio, quatro soldados israelenses ficaram feridos, um deles em estado grave. Também nesta quinta, em Nablus, ao norte da Cisjordânia, um adolescente, de 16 anos, morreu durante confrontos com o Exército israelense. Outros três adolescentes também ficaram feridos.

Agencia Estado,

26 Dezembro 2002 | 05h51

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.